Degradação da Fábrica de Cerâmica das Devesas motiva protestos

A associação Verdegaia denunciou hoje a situação de «degradação» do edifício da Cerâmica das Devesas em Gaia, abandonado há três décadas e no qual gostaria de ver o Museu da Cerâmica, e considera «um crime» se ele não for recuperado.
«É um crime não se tomar conta daquilo», sublinhou à Lusa Manuel Pontes, um dos elementos da associação que hoje convidou o vereador do pelouro da Cultura de Gaia para uma visita ao espaço privado.
Fundada em meados da década de1860, a Fábrica de Cerâmica das Devesas terá sido uma das mais importantes do país, dominando no início do século XX a produção de azulejos, estátuas e ornamentação cerâmica, artefactos em ferro fundido, cantarias de mármore, entre outros produtos. 

Fonte: LUSA

Image

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s